Projeto Gente que Produz e Preserva reúne mulheres da Poranga para oficina do Sebrae

Através do Projeto Gente que Produz e Preserva, o CAT – Clube Amigos da Terra, está trabalhando para tentar reativar a Associação Produtiva das Mulheres da Poranga. Pra isso, mais uma vez, traz até Sorriso uma consultora do Sebrae, que vai ministrar nesta sexta-feira, dia 06, uma oficina para elaboração do Plano de Negócios.

No primeiro encontro realizado no inicio de maio, foi feito o cadastramento das mulheres interessadas e também ministrada uma oficina sobre o associativismo e cooperativismo, com várias dinâmicas abordando os princípios do trabalho em grupo. Agora, o objetivo é auxiliar as mulheres a estabelecerem metas de trabalho e definirem um seguimento de produção.

Esse trabalho realizado com as mulheres da Poranga é apenas uma das atividades desenvolvidas dentro do Projeto Gente que Produz e Preserva junto as “Mulheres do Campo” e tem como objetivo promover o desenvolvimento sustentável da região e o empoderamento da mulher do meio rural.

Segundo a vice-presidente da Associação Produtiva Mulheres da Poranga, Eliane Conceição Ferreira Marchezine, as associadas ficaram praticamente três anos sem produzir. Agora através do Projeto Gente que Produz e Preserva, elas começaram a resgatar novamente o ânimo e a confiança para voltar ao trabalho. “Estamos praticamente começando do zero, e dessa vez reunindo ainda mais mulheres. Tivemos que reformular o estatuto e a diretoria. E todas essas instruções que estamos recebendo do Sebrae vai nos ajudar a iniciar de forma correta.

A Associação Produtiva Mulheres da Poranga, foi criada em 2007, com a produção dos derivados da cana, como o melado, rapadura, açúcar mascavo e outros. Mas esbarrou na falta de logística para comercializar os produtos. Agora o que o CAT pretende auxiliar e motivar as mulheres a retomarem o trabalho.

A secretária da Associação, Ana Catarina Tibaldi dos Reis, disse que já são 45 cadastradas e associação está aberta para receber todas que estiverem motivadas a recomeçar. “As experiências do passado serviram como lição. Daqui pra frente vamos superar juntas todas as dificuldades e nos empenhar ao máximo para obter o sucesso. Deixar pra trás o que ficou. E pra isso convidamos todas as mulheres para participarem desta ofcina.”

A oficina terá inicio às 8 horas, na sede da Capela Sagrado Coração de Jesus, no Assentamento Jonas Pinheiro.

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: