Projeto do CAT é apresentado a grupo de empresários que busca produções sustentáveis

Mais do que matéria prima de qualidade, empresas de alimentos e bebidas de vários países do mundo, estão em busca de pessoas que produzam de forma sustentável. Só na SAI Platform (Iniciativa de Agricultura Sustentável) são cerca de 8 empresas com esse objetivo. Eles querem ter acesso a produções que tenham compromissos sociais e ambientais e por isso realizaram aqui no Brasil um workshop que reuniu empresários e produtores rurais no intuito de conhecer exemplos de produção responsável.

O Clube amigos da Terra, CAT Sorriso, participou do evento em São Paulo apresentando o projeto “Gente que Produz e Preserva”. A diretora de sustentabilidade, Cynthia Moleta Cominesi contou a experiência do grupo de agricultores de Sorriso que conseguiu recentemente a certificação RTRS por utilizar boas práticas no campo. “Estamos no caminho certo buscando aliar produção e preservação do meio ambiente. E queremos levar cada vez mais produtores para conhecer iniciativas que incentivem a produção sustentável”, disse Cominesi.

Além da diretora de sustentabilidade uma das produtoras rurais de Sorriso, que teve a propriedade certificada, participou do encontro contanto a experiência da “porteira pra dentro”. Conceição Missio, tem certeza que produzir com responsabilidade tem suas vantagens. Além disso, o evento serviu para que os produtores rurais entendesse que todas essas “cobranças” são para melhorar o próprio negócio. “A gente tem a falsa impressão de que o mercado internacional só exige dos produtores brasileiros. Na verdade iniciativas como essas, estão sempre tentando entender e apoiar os produtores”, concluiu a produtora Conceição Missio.

A certificação das fazendas na capital Nacional do Agronegócio foi o que motivou a Nestle, uma das empresas membro da SAI, a convidar o CAT para conhecer a plataforma e incentivar novos produtores a produzir de forma sustentável. A plataforma criou uma ferramenta com perguntas que se baseiam em práticas de agricultura sustentável reconhecidas universalmente na indústria de bebidas e alimentação e abrangem os impactos ambientais, econômicos e sociais da agricultura.

As perguntas são divididas em três níveis: essencial, básico e avançada e buscam estimular os agricultores à engajar e criar um roteiro para melhorias continuas. E é baseado nesse resultado que as empresas escolhem os seus fornecedores. Uma forma fazer com que o agricultor crie planos de ação para melhorar ou expandir práticas as práticas de sustentabilidade na fazenda e conquistar o mercado internacional.

Discutindo os desafios da agricultura sustentável brasileira será possível criar oportunidades e soluções locais exclusivos para o Brasil. Além disso a SAI também pretende criar um comitê brasileiro da plataforma, com membros e lideranças locais, sob a responsabilidade da SAI.

Além das nove propriedades certificadas, outras 24 estão em processo de certificação e você também pode ser “Gente que Produz e Preserva”.

Contato

Para fazer parte do projeto basta entrar em contato com o CAT pelo telefone (66) 3544-3379 ou ir pessoalmente até o Clube Amigos da Terra que fica na Av. marginal esquerda, no segundo piso do Sindicato Rural de Sorriso. As demandas também podem ser feitas pelo e-mail catsorriso2@catsorriso.com.br.

Apoio

O projeto “Gente que Produz e Preserva” tem o apoio da WWF Brasil, Solidariedad, Bel e IDH

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: