Operação de tratores agrícolas é tema de novo curso oferecido pelo CAT a trabalhadores rurais

A experiência no campo não impediu que o trabalhador Jader Luis Ronchi procurasse se qualificar ainda mais. Ele é um dos quinze alunos do curso de operação de tratores agrícolas. Funcionário da fazenda Santo Antonio, Jader tem certeza que o conhecimento vai ser bom pra ele e para o produtor rural, dono da máquina. “Vim procurar o curso para aprimorar o conhecimento. O curso ensina bem os participantes a operar o trator. Eu aprendo e consequentemente vou cuidar do maquinário do meu patrão”, garantiu ele bem humorado.

A capacitação é oferecida pelo Clube Amigos da Terra (CAT Sorriso) em parceria com o Sindicato Rural de Sorriso e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso, o Senar- MT.

Os participantes são funcionários das novas fazendas inscritas no processo de certificação RTRS. Ao todo foram dois dias de teoria e três de prática. Ministrado pelo instrutor do Senar/MT, Ronaldo Venturini, o curso abordou temas como:

  • Ética e Cidadania
  • Segurança e Saúde no trabalho;
  • Meio Ambiente;
  • Código de Trânsito Brasileiro;
  • Instrumentos e controles operacionais;
  • Conceitos básicos de tração;
  • índice de patinagem;
  • Sistema hidráulico e direção;
  • Lubrificação de motor; A parte teórica foi realizada no auditório do Sindicato Rural de Sorriso. Depois os participantes foram até a fazenda Santo Antonio, aqui mesmo no município, para colocar em prática o que foi aprendido em sala de aula.

O instrutor do curso, Ronaldo Venturini, explica que o curso é importante, mesmo para quem já trabalha no ramo, pois ensina os procedimentos considerados mais corretos. “A falta de conhecimento reflete em ineficiência de operação, custo manutenção e reparos. Um operador que não sabe operar de forma adequada desgasta o maquinário de forma mais rápida. São tratores caríssimos e o custo de reparo e manutenção também são consideráveis. Um trabalhador qualificado vai se precaver desses problemas”, explicou o instrutor do Senar.

Qualificar trabalhadores, além de uma exigência da lei, evita ações trabalhistas por desvio de funções, acidentes no campo e principalmente prejuízo ao produtor rural. O curso de operação de tratores agrícolas é uma das exigências do processo de Certificação da Soja do Projeto “Gente que Produz e Preserva”.

Apoio:

O projeto “Gente que Produz e Preserva”, do Clube Amigos da Terra, o CAT, está sendo desenvolvido em parceria com a WWF Brasil, Bel, Solidariedad e IDH.

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: