Canal de comunicação é criado para grupo de certificação da soja em Sorriso

O Clube Amigos da Terra criou um novo mecanismo de comunicação para receber sugestões, críticas e elogios em relação ao grupo de certificação da soja em Sorriso.

O “fale conosco” proposto pelos auditores do padrão internacional RTRS (A Round Table on Responsible Soy) prevê um contato direto entre CAT, produtores, funcionários e moradores no entorno das fazendas certificadas e/ou em busca da certificação. Está disponível no site www.catsorriso.com.br e em breve estará em placas na entrada das propriedades na capital Nacional do Agronegócio.

A intenção é fazer com que as demandas cheguem ao conhecimento da equipe do CAT para que sejam tomadas providências caso seja necessário. “O email foi criado exclusivamente para atender o grupo de certificação RTRS em Sorriso. Dessa forma, teremos o controle e poderemos fazer o direcionamento das demandas para as pessoas certas”, disse a diretora de sustentabilidade do CAT, Cynthia Moleta Cominesi.

A certificação foi através do projeto Gente que Produz e Preserva, do Clube Amigos da Terra (CAT), com apoio da WWF Brasil, Solidariedad, IDH e Bel.
O processo de certificação das propriedades em Sorriso começou em novembro de 2013. Os produtores entram no projeto de forma voluntária e se comprometem em seguir cinco princípios básicos do padrão RTRS de produção: cumprir as leis e as boas práticas de negócios, oferecer boas condições de trabalho, respeitar e criar vínculos com as comunidades locais, cuidar do meio ambiente e adotar boas práticas agrícolas.

A certificação garante benefícios administrativos, econômicos, sociais e ambientais aos produtores. Administrativos porque melhora e gestão e a metodologia de trabalho; econômicos porque dá aos produtores oportunidade de acesso a mercados internacionais, acesso a programas de financiamento e recompensa pela venda do grão produzido na propriedade certificada (1 crédito por tonelada de soja certificada); ambientais pois utiliza o plantio direto, o manejo integrado de culturas reduzindo assim o impacto ambiental mantendo a biodiversidade e o alto valor de conservação e; sociais,  ao motivar colaboradores em prol de melhorias contínuas, diminuir a rotatividade de funcionários, reduzir os acidentes de trabalho e melhorar as relações com a comunidade.

Além do “fale conosco” o CAT também disponibiliza nas fazendas urnas para que membros da comunidade e funcionários depositem críticas, elogios, reclamações enfim, tenham uma forma de manifestar seus sentimentos sem se sentir constrangidos e sem precisar se identificar. E ainda, na sede da associação, cadernos foram identificados com o nome de cada fazenda com a mesma função para aquelas pessoas que não quiserem se deslocar até as propriedades.

Grupo de certificação em Sorriso: Fazendas Jaborandi, São Felipe, Dakar, São Marcos, Santana, Videirense, Cella, Berrante de Ouro, Santa Maria da Amazônia, Pedra, Pluma, Alegria, Nossa Senhora da Salete, Santo Antonio, Gamada, Soledade, Pinhal, Centro da Mata, Rio Vermelho, Boa Vista, Manso, São Jorge, Azul e Rodeio.

O Clube Amigos Da Terra está aberto para receber novos produtores interessados em fazer parte do Projeto Gente que Produz e Preserva. O CAT fica no segundo piso do Sindicato Rural de Sorriso e o telefone de contato é o (66) 3544-3379.

Visite também o nosso site www.catsorriso.com.br nele é possível conhecer o projeto e ter acesso ao guia passo a passo parasse tornar um produtor de soja RTRS.

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: