CAT leva vencedores do concurso Sorriso Vivo a sessão especial de cinema

Hoje foi dia de trocar as carteiras da sala de aula pelas poltronas do cinema. A sessão especial, para quase cem crianças, foi o prêmio oferecido pelo Clube Amigos da Terra (CAT Sorriso) para os três primeiros colocados do concurso de educação Ambiental “Lixo no capricho, recicle com responsabilidade”. Além do filme teve refrigerante, pipoca, doces e muita diversão. “Eu adorei o filme do Pica Pau. Estou muito feliz”, disse a aluna Iasmim Luft, da escola Municipal Francisco Donizete de Lima.

Promovido pelo Clube Amigos da Terra, CAT Sorriso, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) o concurso faz parte do projeto de educação ambiental “Sorriso Vivo”, criado há 11 anos, com o intuito de disseminar práticas ambientais pensando nas futuras gerações.

Esse ano 9 escolas municipais e a associação mãezinha do céu participaram do concurso que envolveu os professores de ciências e artes e cerca de 1.300 alunos. O desafio era, de acordo com o tema proposto, trabalhar com os estudantes soluções sustentáveis para cuidados e atitudes positivas a favor do meio ambiente, dando destaque ao reaproveitamento de materiais recicláveis na confecção de objetos criativos com brinquedos pedagógicos, utensílios, que servirão de instrumentos para enriquecer as aulas, facilitando assim, o processo de ensino e aprendizagem.

Para trabalhar o tema, os professores tiveram o auxílio da cartilha amigos da terra. O material pedagógico está na quinta edição e de forma lúdica desperta nas crianças o interesse e a preocupação com o meio ambiente.
Para escolher os vencedores a comissão julgadora levou em conta a originalidade, a criatividade, o uso de materiais recicláveis e a funcionalidade do objeto.
Além dos alunos premiados com a ida ao cinema, os professores e coordenadores responsáveis pelas turmas receberam certificado de participação com carga horária de 120 horas.

No fim da sessão cada aluno recebeu sementes de plantas nativas para cultivarem para que no próximo ano sejam plantadas em uma área degradada. “Foi muito importante ter participado do concurso. As crianças ficaram muito felizes com o prêmio. A distribuição das sementes também é uma iniciativa excelente do CAT”, afirmou a professora Lourdes Posatto, da escola Francisco Donizete.

As sementes distribuídas para os vencedores do concurso do ano passado (Jardim Amazonia, Leôncio Pinheiro da Silva e Aureliano Pereira da Silva) serão plantadas em breve em uma área de restauro na fazenda Santana.

As escolas que participaram do concurso este ano são: Aureliano Pereira da Silva, Boa Esperança, Caravágio, Francisco Donizete de Lima, Gente Sabida, Leôncio Pinheiro da Silva, Papa João Paulo II, São Domingos, Professora Matilde Gomes e a Associação Mãezinha do Céu.

O concurso teve o apoio da ADM do Brasil, WWF, auto posto Araguaia, Sorriso Supermercado, Supermercado Delmoro, Rádio Centro América, Inove Mídia Digital e Sindicato Rural de Sorriso.

PREMIADOS:

1º lugar: Escola Municipal Francisco Donizeti de Lima (bairro Nova Aliança II), com o projeto “A girafa porta livros” e “Contação de histórias e aulas integradas”.O objetivo é servir de porta livros, incentivando as crianças a viajarem pelas páginas dos livros de histórias.

2º lugar: Escola Municipal Professora Matilde Zanatta Gomes (Assentamento Jonas Pinheiro) com o projeto “Música e reciclagem”. O objetivo do trabalho é aguçar o senso rítmico e sensibilizar os alunos a reciclar e consumo consciente.

3º lugar: Escola Municipal Gente Sabida (Bairro Jardim Carolina), com o projeto “Reciclando hábitos”. Aproveitando antigas telas de computador que caíram em desuso, o objetivo foi reutilizar sucatas tecnológicas.

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: