CAT tem representante em Reunião do Corpo Executivo da RTRS em fazenda certificada no Piauí

O engenheiro agrônomo do Clube Amigos da Terra – CAT Sorriso, Luiz Henrique Salcher esteve participando de 18 a 23/02 de um encontro do corpo executivo da RTRS realizado na Fazenda Progresso, localizada na cidade de Sebastião Leal, no estado do Piauí, há aproximadamente 500 km da capital Teresina.

Ele contou como foi esta experiência, representando os produtores que fazem parte do Projeto ‘Gente Que Produz e Preserva’, que participam do processo de certificação pela RTRS. “Fomos conhecer uma fazenda no Piauí e saber um pouco mais sobre a questão da certificação. Esse foi o encontro do corpo executivo da RTRS e contou com a participação de cerca de 20 representantes da RTRS da Europa, da Argentina e do Brasil”.

O objetivo do encontro foi demonstrar ao corpo executivo da RTRS como é uma fazenda certificada em todos os aspectos, seguindo os padrões exigidos: “Nesse encontro a gente aproveitou para fazer as reuniões dentro da propriedade certificada, do grupo Progresso. O grupo é composto por várias fazendas e a fazenda Progresso é a principal propriedade deles. É uma fazenda de 35.000 hectares destinados ao plantio de soja, uma propriedade bastante extensa e lá a gente pôde mostrar para todo o corpo executivo da RTRS e também aos compradores, como é produção de soja sustentável no cerrado brasileiro. Sebastião Leal está localizado mais ao Sul do Piauí, onde se predomina o cerrado. Ao norte do Piauí, já encontramos outro bioma, que é a Caatinga. Então, lá não tem produção de soja”.

A Fazenda Progresso é considerada uma propriedade padrão seguindo as normas exigidas pela RTRS “Lá foi possível mostrar a eles como é uma propriedade certificada, que consegue cumprir 100% dos itens exigidos da RTRS. É uma propriedade de alto padrão, desde os uniformes dos funcionários, de cada atividade feita, a alimentação oferecida aos funcionários, o maquinário usado, o padrão das construções que oferecem para os funcionários e todo o sistema de produção, mantendo as boas práticas agrícolas, tudo o que a certificação requer que as propriedades cumpram”.

Luiz Henrique avaliou sua participação como altamente positiva em poder representar o CAT “Hoje o CAT faz parte do corpo executivo da RTRS e está presente nas votações, nas decisões que a RTRS toma. O CAT está sempre presente nesses encontros. Foi muito importante nossa participação, lá foram abordados diversos temas atuais e futuros da RTRS e também alinhamos vários pontos para o ano em relação ao futuro da certificação”.

A compra de créditos de soja certificada também foi um tema abordado no encontro “A compra de créditos sempre é um tema abordado, pois é de interesse de quase todos. A RTRS está desenvolvendo novas ferramentas para deixar o crédito cada vez mais valorizado e procurado para ser comercializado e as perspectivas são crescentes conforme o decorrer dos anos. E para 2019/2020 o esperado é que mais créditos continuem sendo comercializados no mercado”, finalizou Luiz.

No município de Sorriso, os produtores que fazem parte do projeto “Gente que Produz e Preserva”, desenvolvido pelo Clube Amigos da Terra – CAT Sorriso possuem créditos na plataforma RTRS.

Os interessados em saber mais sobre a certificação de fazendas podem entrar em contato com o CAT que irá tirar todas as dúvidas que os produtores têm sobre a certificação RTRS.

O Clube Amigos da Terra fica localizado na Avenida Marginal Esquerda, 1415, em sala anexa ao Sindicato Rural de Sorriso. Fone: 3544 – 3377. Acesse o site: www.catsorriso.com.br.

Selecione o Idioma
Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: